Ao invés de morrer, fica se batendo

Desde criança meu pai sempre teve muito carinho com passarinhos, naquela época ele criava canário paulista. Com o tempo ele não teve como dar muita atenção para os pássaros, mas sempre teve algum. Ontem, uma das tia chica dele, começou a se bater. Eu em primeiro instante pensei que fosse apenas um susto, mas ela estava se batendo constantemente e fazendo muito barulho.

Hoje de manhã fui tomar café e lá estava ela, encolhidinha no fundo da gaiola, quietinha, olhando para rua, eu só conseguia imaginar a tristeza do meu pai ao ver. Pois a poucos dias ele perdeu uma que ele gostava muito e pagou muito caro.

Minha irmã simplesmente diz:

– Ao invés de morrer, fica se batendo.

Como sempre minha irmã consegue falar uma grande besteira. Imediatamente pensei no meu pai, no carinho que ele tem pelo bichinho, e o quanto ele estava torcendo que ela não padecesse. Não consegui deixar de fazer uma comparação que a grande maioria deveria pensar antes de falar ou pensar o que infelizmente minha irmã falou.

‘’E se fosse uma pessoa que você tivesse um imenso carinho, que realmente faria falta para você, você falaria isso?’’

– Quando não se tem o que falar, o melhor é nem abrir a boca.

© Lé0 Machado

Anúncios