Distorções

Quando sonhamos esquecemos de tudo,
Imaginamos o que não existe,
E fazemos existir o que até então não existia.

Por ingenuidade, esperamos a vida inteira
Por aquele momento lindo e feliz,
Onde nada daria errado.

Sem saber que esse dia talvez não chegue,
Esperamos ansiosamente por ele.
 
Até hoje eu me pergunto.

“Como as coisas seriam diferentes, se eu estendesse antes,
as distorções de um sonho a tempos realizado”

O engraçado e ao mesmo tempo irônico nisso tudo,
é o simples fato de esperarmos a vida inteira ele acontecer,
e finalmente quando acontece, além de não ser como sempre sonhamos,
não somos capazes de reconhecê-lo.

© Lé0 Machado

Eis a Questão


Minha querida…
Infelizmente às vezes sem querer,
Me pego te traindo em pensamentos,
Pois os versos que me vem à cabeça,
Nem sempre tem o nome a quem devo dedicar.

Com o tempo, aprendi a mais dura realidade.

‘’Não há poeta de um só amor,
Uma só mulher,
Uma só história
Ou então de uma só inspiração’’

Somos apenas mensageiros de um autor anônimo,
Que quase sempre se esquece de por o nome do Destinatário.

(esses versos contém ironia)

© Lé0 Machado

Em último caso, Apele

                  

Ontem, após um dia muito trabalhado, eu chego em casa e resolvo comer um BOMBOM, peguei logo aquele amarelinho redondo, Serenata de Amor. Abri e degustei como nunca antes tinha feito, e o mais engraçado, era o que por surpresa tinha dentro do embrulho do BOMBOM, um verso super engraçado e Romântico, haha…

” Se você se apaixonou à primeira vista por uma mulher e não sabe o que fazer, manda flores.Na verdade, sempre que não souber o que fazer em relação a uma mulher, MANDE FLORES”.

© BomBom Serenata de Amor