Fail

”Infelizmente nao traçamos os contornos do passado a lápis, impedindo o uso da barrocha na correçao de certos erros”

Porque esperar criticas positivas, se as que precisamos melhorar, sao as negativas?!

”Infelizmente na busca da perfeiçao, esquecemos que somos imperfeitos”

– “Boa noite”

© Lé0 Machado

Querido Jhon…

O único ponto negatido em ver o filme Querido Jhon
É a vontade que sinto de escrever;
Escrever sobre você.

Porque fugir da verdade;
Esquecer as lembranças;
Apagar o passado?

Se a lua que brilha no céu estrelado,
É do mesmo tamanho que o nosso dedo apontado.

Nao importa quando, onde, como, ou com quem você esteja,
Eu vou estar sempre olhando com você.

O que você faria com uma carta que muda tudo?

 © Lé0 Machado

O paradigma da comunicação

Em minha última aula de português, tomo conhecimento que nossa história só existe, pois é comprovada por uma instituição, no caso, a Igreja.

Desde a antiguidade, o homem das cavernas já sentia a necessidade de relatar os acontecimentos daquela “precária” época. Utilizando ossos, cacos de pedras, o antiquado homem das cavernas já transcrevia através de símbolos o seu dia-a-dia, “alucinações” ou fatos que tinham algum significado. Foi através dessa humilde participação, que nossa história foi esculpida.

Entretanto, atualmente estamos esquecendo o efeito das coisas simplórias, e se englobando em uma nova forma de comunicação, a comunicação virtual. A virtualidade vem anexando não só uma nova forma útil de se comunicar, mas se desenvolve a um ponto em que vidas virtuais estão sendo criadas, famílias, grupos de estudos, trabalhos, enfim, se faz essencial na vida de cada individuo da sociedade.

Levando em consideração a importância dos ‘’escritos’’ do homem das cavernas, e pensando nessa atual  virtualidade, caso nossos descendentes tenham a carência de energia, como passaríamos a diante nossa história?

– Pense nisso.

© Lé0 Machado

Doce vida


Quantos de nós já passamos por problemas, e sem forças enfrentamos tudo.
Sem medo e sem ajuda de ninguém, sempre com um sorriso no rosto, para não demonstrarmos que por dentro estávamos despedaçados, querendo apenas um carinho ou uma simples palavra de conforto.

Podendo assim, depois de tudo isso dizer:

‘’Valeu a pena, pois só nós sabemos o quanto podemos suportar e saber se o que fizemos está certo”.

Mesmo com muitos  julgando e crucificando, sem ao menos tentar te ajudar, continuamos sem medo e ao mesmo tempo amedrontada com tudo isso.

Julgar se é certo ou errado é fácil, difícil é tomar a atitude de apoiar rompendo barreiras indo contra tudo e contra todos.

Por isso cada qual com seus problemas, pois se não for ajudar ou estender a mão, que sua boca não se abra.

Todos nós sabemos o que fazemos, e os fazemos na medida em que podemos.

© Aline Machado

Sociedade de consumo

A sociedade do consumo é uma derivação do sistema capitalista, que visa cada vez mais o lucro esquecendo de todo o resto. Ou seja, fabricamos muito, para vender ainda mais.

– Para onde vai tudo isso?

Uma das principais conseqüências disso tudo, é a produção em curto prazo. Citamos como exemplo um celular lançado esse mês, daqui a quatro ou no máximo cinco meses, já será “ultrapassado’’ e lançado outro. Assim acontece com vários outros produtos tecnológicos de vida útil “curta’’, no entanto, todos demoram centenas ou milhares de anos para se degradar. Novamente faço a pergunta: Para onde vai tudo isso?

A resposta é clara, quando vemos o aquecimento global, os efeitos da natureza, enfim, poluímos cada vez mais na busca de ser o que não somos. Atualmente damos mais valor para o ter do que para o ser, estamos esquecendo do respeito, cortesia, lealdade, e pensando muito na marca da roupa, do sapato e do carro. Criamos uma sociedade que vive de aparências.

“O consumo é a única finalidade e o único propósito de toda produção”

© Lé0 Machado
_____________________________________________________________________________________

fontes:
“O consumo é a única finalidade e o único propósito de toda produção.” Adam Smith
http://www.knoow.net/cienceconempr/economia/sociedadedeconsumo.htm
http://pt.wikipedia.org/wiki/Sociedade_de_consumo