Ignorância humana

Se parássemos por alguns instantes e observássemos ao nosso redor,
logo notaríamos que em certo momento da vida, ou mesmo após ter
feito algo e se arrepender, muitos fazem as mesmas indagações…

– Ah se eu pudesse voltar no tempo…
– Ah se o tempo parasse…

Infelizmente o que muitos não sabem ou não pensam, é o simples detalhe:

“Mesmo se o tempo parasse ou voltasse, ainda existiria o amanhã”

– E como sempre, por sermos “seres racionais”, erraríamos novamente…

 © Lé0 Machado

Anúncios

Doce vida


Quantos de nós já passamos por problemas, e sem forças enfrentamos tudo.
Sem medo e sem ajuda de ninguém, sempre com um sorriso no rosto, para não demonstrarmos que por dentro estávamos despedaçados, querendo apenas um carinho ou uma simples palavra de conforto.

Podendo assim, depois de tudo isso dizer:

‘’Valeu a pena, pois só nós sabemos o quanto podemos suportar e saber se o que fizemos está certo”.

Mesmo com muitos  julgando e crucificando, sem ao menos tentar te ajudar, continuamos sem medo e ao mesmo tempo amedrontada com tudo isso.

Julgar se é certo ou errado é fácil, difícil é tomar a atitude de apoiar rompendo barreiras indo contra tudo e contra todos.

Por isso cada qual com seus problemas, pois se não for ajudar ou estender a mão, que sua boca não se abra.

Todos nós sabemos o que fazemos, e os fazemos na medida em que podemos.

© Aline Machado

Erros constantes…

Um dia chegamos a um ponto,
que o ponto já não é o final,
e o fim já não é tão bom.

Nesse dia pensamos em tudo,
como seria e como não seria,
se tivéssemos  a chance de voltar
no tempo e fazer tudo diferente.

Todos acreditamos que se pudéssemos
voltar ao passado, faríamos diferente…

Assim, continuamos errando hoje,
para chegar amanhã e falar:
Eu faria tudo diferente se pudesse voltar no tempo.

Todos os dias temos uma nova chance,
Mas pensamos tanto no amanhã que esquecemos de aproveita-la.


© Lé0 Machado

Seis coisas impossíveis

Todos os dias antes de ir para faculdade,
Realizo seis coisas impossíveis.

1ª  Acordo ainda dormindo.

2ª  Mesmo morrendo de sono, mantenho o bom humor.

3ª  Trabalho com meus pais e sou feliz.

4ª  Sempre tenho uma baita ideia, quando não consigo se quer pensar.

5ª  Chego em casa cansado, com um monte de coisas para fazer,
      não consigo fazer nada, ainda assim mantenho a esperança.

6ª  Chego na faculdade e estudo normalmente, como se nada tivesse acontecido.

© Lé0 Machado

Amar…


Amar, é chegar em casa cheio de coisas importantes para fazer,
ir correndo até o computador, entrar no msn torcendo
que uma certa pessoa não esteja online,
ver que ela acabou de entrar,
esquecer de tudo e apenas falar com ela.

Isso não é amor, é irresponsabilidade.

– E quem disse que o amor é responsável?

(já aconteceu comigo)

© Lé0 Machado