História de criança

Um garoto de 4 anos tinha um vizinho idoso ao lado, cuja esposa havia falecido recentemente.
Ao vê-lo chorar, o menino foi para o quintal dele, e simplesmente sentou-se em seu colo.
Quando a mãe perguntou a ele o que havia dito ao velhinho, ele respondeu:
– Nada. Só o ajudei a chorar.
————————————————————

Os alunos da professora de primeira série Debbie Moon estavam examinando uma foto de família.
Uma das crianças da foto tinha os cabelos de cor bem diferente dos demais. Alguém logo sugeriu que essa criança tivesse sido adotada.
Logo uma menina falou:
– Sei tudo sobre adoção, porque eu fui adotada.
Logo outro aluno perguntou-lhe:
– O que significa “ser adotado”?
– Significa – disse a menina – que você cresceu no coração de sua mãe, e não na barriga!
————————————————————

Sempre que estou decepcionado com meu lugar na vida, eu paro e penso no pequeno Jamie Scott.
Jamie estava disputando um papel na peça da escola. Sua mãe me disse que tinha procurado preparar seu coração, mas ela temia que ele não fosse escolhido.
No dia em que os papéis foram escolhidos, eu fui com ela para buscá-lo na escola.
Jamie correu para a mãe, com os olhos brilhando de orgulho e emoção:
– Adivinha o quê, mãe!
E disse aquelas palavras que continuariam a ser uma lição para mim:
– Eu fui escolhido para bater palmas e espalhar a alegria!
————————————————————

Conta uma testemunha ocular de Nova York:
Num frio dia de dezembro, alguns anos atrás, um rapazinho de cerca de 10 anos, descalço, estava em pé em frente a uma loja de sapatos, olhando a vitrine e tremendo de frio.
Uma senhora se aproximou do rapaz e disse:
– Você está com o pensamento tão profundo, olhando essa vitrine!
– Eu estava pedindo a Deus para me dar um par de sapatos – respondeu o garoto…
A senhora tomou-o pela mão, entrou na loja e pediu ao atendente para dar meia duzia de pares de meias para o menino.
Ela também perguntou se poderia conseguir-lhe uma bacia com água e uma toalha.
O balconista rapidamente atendeu-a e ela levou o garoto para a parte detrás da loja e, tirando as luvas, se ajoelhou e lavou seus pés pequenos e secou-os com a toalha.
Nesse meio tempo, o empregado havia trazido as meias.
Calçando-as nos pés do garoto, ela também comprou-lhe um par de sapatos. Ela amarrou os outros pares de meias e entregou-lhe. Deu um tapinha carinhoso em sua cabeça e disse:
– Sem dúvida, vai ser mais confortável agora.
Como ela logo se virou para ir, o garoto segurou-lhe a mão, olhou seu rosto diretamente, com lágrimas nos olhos e perguntou:
– Você é a mulher de Deus?

© Blog A Cada do Zé Carlos

Acredite se Quiser

Sempre num lugar por onde passavam muitas pessoas,
um mendigo sentava-se na calçada e ao lado
colocava uma placa com os dizeres:

” Vejam como sou feliz!
Sou um homem próspero, sei que sou bonito,
sou muito importante, tenho uma bela residência,
vivo confortavelmente, sou um sucesso,
sou saudável e bem humorado ”

Alguns passantes o olhavam intrigados, outros o achavam
doido e outros até davam-lhe dinheiro.
Todos os dias, antes de dormir, ele contava o dinheiro e notava
que a cada dia a quantia era maior.

Numa bela manhã, um importante e arrojado executivo,
que já o observava há algum tempo, aproximou-se e lhe disse:

” Você é muito criativo!
Não gostaria de colaborar numa campanha da empresa? ”

” Vamos lá. Só tenho a ganhar! “, respondeu o mendigo.

Após um caprichado banho e com roupas novas,
foi levado para a empresa.

Daí para frente sua vida foi uma sequência de sucessos e
a certo tempo ele tornou-se um dos sócios majoritários.

Numa entrevista coletiva à imprensa,
ele esclareceu de como conseguira sair da
mendicância para tão alta posição.

Contou ele:
– Bem, houve época em que eu costumava me sentar nas
calçadas com uma placa ao lado, que dizia:

” Sou um nada neste mundo!
Ninguém me ajuda! Não tenho onde morar!
Sou um homem fracassado e maltratado pela vida!
Não consigo um mísero emprego que me
renda alguns trocados ! Mal consigo sobreviver! ”

As coisas iam de mal a pior quando, certa noite,
achei um livro e nele atentei para um trecho que dizia:

” Tudo que você fala a seu respeito vai se reforçando.
Por pior que esteja a sua vida, diga que tudo vai bem.
Por mais que você não goste de sua aparência, afirme-se bonito.
Por mais pobre que seja você , diga a si mesmo
e aos outros que você é próspero. ”

Aquilo me tocou profundamente e, como nada tinha a perder,
decidi trocar os dizeres da placa para:

” Vejam como sou feliz!
Sou um homem próspero, sei que sou bonito,
sou muito importante, tenho uma bela residência,
vivo confortavelmente, sou um sucesso,
sou saudável e bem humorado.”

E a partir desse dia tudo começou a mudar,
a vida me trouxe a pessoa certa para tudo que eu precisava,
até que cheguei onde estou hoje.
Tive apenas que entender o Poder das Palavras.
O Universo sempre apoiará tudo o que dissermos,
escrevermos ou pensarmos a nosso respeito e isso acabará
se manifestando em nossa vida como realidade.
Enquanto afirmarmos que tudo vai mal,
que nossa aparência é horrível, que nossos bens materias
são ínfimos, a tendência é que as coisas fiquem piores ainda,
pois o Universo as reforçará.
Ele materializa em nossa vida todas as nossas crenças.

Uma repórter, ironicamente, questionou:
– O senhor está querendo dizer que
algumas palavras escritas numa simples placa
modificaram a sua vida?

Respondeu o homem, cheio de bom humor:
” Claro que não, minha ingênua amiga!
Primeiro eu tive que acreditar nelas! ”

© Silvia Schmiddt

Infelizmente eu não sabia


Se eu soubesse que as coisas não seriam como eu tanto sonhei,
Talvez não tivesse sonhado tanto,
Talvez não tivesse falado tanto,
Enfim, teria feito muito mais do que simplesmente sonhar.

Se eu soubesse,
Teria feito tudo diferente,
Talvez hoje, nem existia a gente.

Se eu soubesse que o futuro seria uma critica ao passado,
Teria feito algo diferente,
Teria pensado mais na gente,
Teria vivido realmente.

Se eu realmente soubesse,
Viveria bem melhor o presente.

© Lé0 Machado

Se eu pudesse

Se eu pudesse,
Pararia o tempo,
Voltaria atrás,
Mudaria tudo…

Se eu pudesse,
Eu mudaria o mundo,
Mudaria as coisas,
O passado e o futuro.

Se eu pudesse,
Faria tudo como se fosse em um sonho,
Pois nos sonhos, sempre estamos juntos.

Enfim, se eu pudesse,
Não pensaria em nada que não fosse nós dois,
Não voltaria atrás, nem se quer um minuto,
Não faria nada diferente.
Se eu realmente pudesse,
Faria tudo novamente…

© Lé0 Machado

Se eu pudesse,
pararia o tempo,
voltaria atras,
mudaria tudo…

Seu pudesse,
Eu mudaria o mundo,
Mudaria as coisas,
O passado e o futuro.

Se eu pudesse,
Faria tudo como se fosse um sonho,
Pois nos sonhos, sempre estamos juntos.

Enfim, se eu pudesse,
Não pensaria em nada que nao fosse nós dois,
Não voltaria atrás, nem se quer uma minuto,
Não faria nada diferente.
Se eu realmente pudesse,
Faria tudo de novamente…

© Lé0 Machado